31 de out de 2010

Quase novembro, a ventania de primavera levando para longe os últimos maus espíritos do inverno.
Antes soubesse eu
o que fazer com estrelas na mão.
Se dilacerar-lhes a ponta
ou simplesmente não tocá-las.
Se estão perto cegam meus olhos.
Se estão longe as desejo.

Antes soubesse eu
o que fazer com estrelas na mão.
Happy Halloween!

29 de out de 2010

27 de out de 2010

Ele a olhou e ela, louca de amor por ele, não o reconheceu. Quer dizer, ele havia deixado de ser ele e transformara-se em símbolo sem face nem corpo da paixão e da loucura dela. Não era mais ele: ela amava alguém que não existia mais, objetivamente. Existia somente dentro dela.

25 de out de 2010

Deus me proteja de mim, e da maldade de gente boa e da bondade de gente ruim.

Mais Uma Vez

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem...

Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja a nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende

Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança.

24 de out de 2010

Le Pido A La Luna


No importa dónde estás ni lo que estés haciendo en este momento.
Lo que importa es que sepas que cada instante de mi vida he pensado en ti,
que aun sin conocerte, cada paso en mi camino ha sido para llegar a ti,
y cada mañana abro los ojos con la esperanza de encontrarte.
Tarde o temprano llegarás.
Y cada noche le pido a la Luna que te guíe por la vida, para que llegues pronto por mí.

No importa qué has vivido antes de mí,
lo que importa es que, aun sin conocermos, el amor ya existe en mí,
que mis lágrimas por fin llegarán a su objetivo,
porque sólo com saber que existes, tú me haces vivir.

Y cada lágrima y cada golpe por fin tendrán sentido,
porque volvería a recorrer el mismo camino
si fuera para llegar a ti.

23 de out de 2010

Come What May

video


LETRA
Satine: Never knew I could feel like this
It's like I've never seen the sky before
Want to vanish inside your kiss
Every day I'm loving you more and more
Listen to my heart can you hear it sing?
Come back to me and FORGIVE everything!
Seasons may change winter to spring
I Love You, til the end of time
Christian: Come what may! Come what may! Come what may! Come what may! I will Love You
Satine: I will Love You
Christian: Until my dying day!
Satine: Dying day!
Both: Come what may! Come what may!
Satine: Come what may
Both: I will Love You until my dying
Toulouse: Christian! Hes got a gun! Theyre trying to kill you!
Zidler: Shut up!
Toulouse: Look, hes got a gun!
Zidler: Guards, seize them!
The doctor: Vive le vie de Boheme!
Argentinean: No problem! Go back to work!
Toulouse: No matter what you say,
Cast: The show is ending our way. Come on and stand your ground For freedom, beauty, truth, and Love
Coro: How wonderful life is
Satine: One day I'll fly away
Christian: My gift is my song
Coro: The children of the revolution, No you won't fool the children of the revolution
Satine: One day I'll fly away
Christian: My gift is my song
Coro: No you won't fool the children of the revolution. No you won't fool the children of the revolution
Coro: Come what may
Satine e Christian: I will Love You
Coro: Come what may
Both: Yes, I will Love You
Coro: Come what may
Both: I will Love You
Duke: My way! My way! My way! My way!
Cast: Until my dying day!

21 de out de 2010

O Negócio É Amar

Tem gente que ama, que vive brigando e depois que briga acaba voltando. Tem gente que canta porque está amando, quem não tem amor leva a vida esperando. Uns amam pra frente, e nunca se esquecem, mas são tão pouquinhos que nem aparecem. Tem uns que são fracos, que dão pra beber, outros fazem samba e adoram sofrer. Tem apaixonado que faz serenata, tem amor de raça, amor vira-lata, amor com champagne, amor com cachaça, amor nos iates, nos bancos de praça. Tem quem ama tanto que até enlouquece, tem quem dê a vida por quem não merece. Amores à vista, amores à prazo, amor ciumento que só cria caso. Tem gente que jura que não volta mais, mas jura sabendo que não é capaz. Tem gente que escreve até poesia e rima saudade com hipocrisia. Tem assunto à bessa pra gente falar... Mas não interessa o negócio é amar!

20 de out de 2010

Tocando Em Frente

Ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou nada sei..
Conhecer as manhas e as manhãs
o sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
[...]
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz.

18 de out de 2010


The greatest thing you'll ever learn is to love and be loved in return.

Para Uma Avenca Partindo

Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende? Dolorido-colorido, estou repetindo devagar para que você possa compreender.

16 de out de 2010

A felicidade entrou com o pé na porta e sentou ao meu lado. Eu não estava mais sozinha esperando o espéculo. O trânsito todo parado e ela acena no carro ao lado, depois morre de vergonha e toma bronca do pai para sentar direito na cadeirinha. O dia meio cinzento, vai-não-vai e de repente ela surge amarela e esquenta a vida. Ela mora numa gaveta cheia de bobeirinhas lá em casa; ela toma banho comigo quando a água leva embora coisa ruim e renova a alma e dorme ao meu lado quando eu descanso.

I'm Like a Bird


I'm like a bird, I'll only fly away
I don't know where my soul is, I don't know where my home is

14 de out de 2010

Condicional

Quis nunca te perder
Tanto que demais
Via em tudo o céu
Fiz de tudo o cais
Dei-te pra ancorar
Doces deletérios

Eu quis ter os pés no chão
Tanto eu abri mão
Que hoje eu entendi
Sonho não se dá
É botão de flor
O sabor de fel
É de cortar.

Eu sei é um doce te amar
O amargo é querer-te pra mim
O que eu preciso é lembrar, me ver
Antes de te ter e de ser teu, muito bem

Quis nunca te ganhar
Tanto que forjei
Asas nos teus pés
Ondas pra levar
Deixo desvendar
Todos os mistérios

Sei, tanto te soltei
Que você me quis
Em todo lugar
Lia em cada olhar
Quanta intenção
Eu vivia preso

Eu sei, é um doce te amar
O amargo é querer-te pra mim
Do que eu preciso é lembrar, me ver
Antes de te ter e de ser teu
O que eu queria, o que eu fazia, o que mais?
Que alguma coisa a gente tem que amar, mas o quê?
Não sei mais

Os dias que eu me vejo só
São dias que eu me encontro mais
E mesmo assim eu sei tão bem
existe alguém pra me libertar.

13 de out de 2010


Quarta-feira, 19 de abril de 1944

Minha querida,

Haverá coisa mais linda no mundo do que sentar diante de uma janela aberta a apreciar a natureza, ouvir cantar os passarinhos, sentir o sol nas faces e estar nos braços de um rapaz querido? É tão calmante e tranqüilizador sentir em volta de mim seus braços; saber que ele está perto e, no entanto ficar em silêncio. Não pode ser mau, pois esta serenidade é boa. Oh, não quero mais ser perturbada, nem mesmo por Boche.

Sua Anne.

(Em: O Diário de Anne Frank)
Que as pernas também são pessoas, apenas inferiores aos braços, e valem de si mesmas, quando a cabeça não as rege por meio de idéias. (Em: Dom Casmurro)

11 de out de 2010

Soneto de Fidelidade


De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto


Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


Foto: Avôs/bivôs (Bodas de Diamante) ♥

8 de out de 2010


Tem gente que tem cheiro
de passarinho quando canta.
De sol quando acorda.
De flor quando ri.
Ao lado delas, a gente se sente
no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande,
sem relógio e sem agenda.
Ao lado delas, a gente se sente
melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara
que ela tem de verdade,
mas que a gente desaprende de ver.
Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
De banho de mar quando a água é quente
e o céu é azul.
Ao lado delas, a gente sabe
que os anjos existem
e que alguns são invisíveis.
Tem gente que tem cheiro das estrelas
que Deus acendeu no céu e
daquelas que conseguimos
acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha
que o amor é possível,
a gente tem certeza.

Para aquelas que são as essências de qual eu preciso, todos os dias. Amo vocês. (E.A.T.)

4 de out de 2010

Se lhe falta sinceridade, simplesmente lhe falta tudo.

Algumas pessoas são destinadas a sofrer e são levadas a acreditar que tem um certo destino e nada nele é mudado, mas temos que continuar vivos porque temos que ver onde essa história termina. (Em: Ironias do Amor)
E tem o seguinte, meus senhores: não vamos enlouquecer, nem nos matar, nem desistir. Pelo contrário: vamos ficar ótimos e incomodar bastante ainda.

3 de out de 2010


Deus, derrama teu Sol mais luminoso.
Ou poderíamos ser apenas o que somos, duas pessoas com uma ligação estranha, sutilezas e asperezas subentendidas, possibilidades de surpresas boas. Ou não. Difícil saber. Bato minhas asas em retirada. (...) E me pergunto se, quem sabe um dia, na hora certa, nosso encontro pode acontecer inteiro.