22 de dez de 2012

O amor ser cego não me adianta. Eu precisava que ele fosse surdo.
Porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Eu não tinha a intenção de falar tanto, mas me senti bem de deixar sair o que estava dentro de mim.
Para ver muita coisa é preciso despregar os olhos de si mesmo.
Me recordei rapidamente de todas as pessoas e coisas que perdi por ainda não estar preparada para elas, ou por ainda ter muita curiosidade de mundo e dificuldade em ser permanente…

21 de dez de 2012

Amores não se encomendam como vestidos; sobretudo não se fingem, ou não se devem fingir nunca.

Em: A Mão e a Luva
(…) Então abri a janela para que o ar circulasse e reciclasse toda a energia estagnada. Não preciso mais de entulhos emocionais, nem de exagerar nos meus mergulhos e usar lupas que distorcem as imagens. Agora eu só quero me preocupar com uma nova disposição dos móveis da casa enquanto ponho os pensamentos negativos que me vestiram por tanto tempo na máquina de lavar.

Todos os voos começam com uma queda.
Não resmungou nem gemeu nem bateu com os pés. Simplesmente engoliu a decepção e optou por um riso calculado - um presente dela para si mesma.
Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então encontra uma pessoa, e sua vida muda. Pra sempre.

1 de dez de 2012

Eu parei de fingir que não me importo e comecei a não me importar mesmo.
Depois de cada momento de fraqueza, meu coração prepara em silêncio, uma nova fornada de coragem.
Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário. Ando cansada de bagagens pesadas. Daqui para frente apenas o que couber no bolso e no coração.
Não chorei, não gritei, não fiquei chateado, não bati pé. Pra que fazer tanto barulho? Que vá, nunca me pertenceu.

20 de nov de 2012

Que o tempo nos permita alguns reencontros sem culpas porque é bom sentir sempre mais uma vez. Porque mesmo a gente voltando para outros abraços só o nosso valerá a pena.

Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar.

Aumente o volume. Ou desligue para sempre, você me entende?

16 de nov de 2012

Você sabe. Acho que sempre soube. Eu tinha medo de gostar de alguém, de me envolver, de me mostrar sem disfarces. Amar dá um medo danado. De perder a liberdade, a identidade, de se machucar, de não saber mais voltar.

É que eu gosto do riso de tudo. De flores. De gente. De bichos. Dos dias de céu azul lisinho. Das noites carregadas de cachos de estrelas. Da canção que as ondas cantam quando tocam a areia. Às vezes, eu vejo até o riso contido do que não tem coragem de rir.
Quero ler mais livros. Escutar mais músicas. Assistir mais filmes. Quero ter menos preguiça, sentar mais no chão, correr mais pelo parque. Sabe, essas coisas fazem com que eu me sinta livre. Acho ruim a gente ter que se aprisionar. Quero sair de noite, caminhar sem rumo, ficar olhando para o céu. Pode soar bobo, mas isso pra mim é tão importante.

18 de out de 2012

Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens.
Por isso eu acho que a gente se engana, às vezes. Aparece uma pessoa qualquer e então tu vai e inventa uma coisa que na realidade não é.
As nossas vidas são definidas pelas oportunidades, mesmo aquelas que perdemos.

Em: O Curioso Caso de Benjamim Button
Acho que, assim como a maior parte das nossas feridas tem origem em um relacionamento, o mesmo acontece com as curas.

17 de out de 2012

Me fez tanto bem que quando resolveu fazer mal já não conseguia. O amor foi mais forte e portanto venceu.
Está tudo tão quieto, quieto demais. De repente chega um amor e faz barulho no meu coração de novo. Vem um amor e faz tudo ser feliz como nunca devia ter deixado de ser.
É uma benção inestimável receber amor. Mas quando a gente dói, precisa cuidar da própria dor com o carinho com que gostaríamos de ser cuidados pelos outros. Com a atenção e a suavidade com que tantas vezes cuidamos de outras vidas. Os beijos bons precisam começar em nós.

Tenho uma tendência romântica a imaginar coisas.


Uma vida não basta ser apenas vivida: também precisa ser sonhada.
É vergonhoso dizer que você gosta de alguém? Não. Vergonha é ser infeliz. Vergonha é imaginar como poderia ter sido. Vergonha é pensar que podia ter sido bom. Vergonha é carregar nas costas o peso do “e se eu tivesse dito o que eu queria?”. Fala. Te abre. Mostra a cara. Mas mostra mesmo. Mostra o sentimento. Deixa a emoção fluir. E acredita no amor.

11 de out de 2012

Hoje eu quero a rua cheia de sorrisos francos, de rostos serenos, de palavras soltas. Eu quero a rua toda parecendo louca, com gente gritando e se abraçando ao sol. Hoje eu quero ver a bola da criança livre. Quero ver os sonhos todos nas janelas. Quero ver vocês andando por aí. Hoje eu vou pedir desculpas pelo que eu não disse… Eu até desculpo o que você falou. Eu quero ver meu coração no seu sorriso e no olho da tarde a primeira luz.
Às vezes é preciso dormir, dormir muito. Não pra fugir, mas pra descansar a alma dos sentimentos. Quem nasceu com a sensibilidade exacerbada sabe quão difícil é engolir a vida. Porque tudo, absolutamente tudo devora a gente. Inteira.
E sabe de uma coisa? Se acontecesse de novo, eu não faria nada diferente.
Eles não se entendiam, raramente concordavam em algo. Brigavam sempre. E se desafiavam todos os dias. Mas, apesar das diferenças, tinham algo importante em comum: eram loucos um pelo outro.

8 de out de 2012

NÃO DEIXE TANTA VIDA PRA DEPOIS!


Intimidade é quando a vida da gente relaxa diante de outra vida e respira macio. Não há porque se defender de coisa alguma nem porque se esforçar para o que quer que seja. O coração pode espalhar os seus brinquedos. Cantar a música que cada instante compõe. Bordar cada encontro com as linhas do seu próprio novelo. Contar as paisagens que vê enquanto cria o caminho. Andar descalço, sem medo de ferir os pés.

6 de out de 2012

O meu mundo não é como o dos outros. Quero demais, exijo demais. Há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; Sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada. Uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… Sei lá de quê!
De sofrer e de amar, a gente não se desfaz.
Por você, tratei de ajeitar as coisas no meu peito como alguém que limpa a casa para receber visitas.

20 de set de 2012

Deixe a vida fazer com você o que a primavera faz com as flores.

free!

Geralmente, as belezas só acontecem, só dizem, só luzem, só florescem, com liberdade. Tentar prendê-las é amordaçar sua mágica.

19 de set de 2012

Mas o negócio é o seguinte: Fico estranha do nada, sim! Mas na realidade sempre tem um motivo… Tem dias que qualquer coisinha me entristece. Já tem outros que sou durona o tempo todo, mostro meu lado macho pra qualquer pessoa, nada me abala! Tente me entender, aqui dentro é cabuloso demais, a culpa não é sua.

Por: A Culpa Não é Sua
Eu sentia que ele compreendia uma parte de mim que nem eu mesma compreendia. E ele tinha essa tendência irritante em ressaltar coisas que eu não queria compreender.
Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas.

11 de set de 2012

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença. O ser humano não é absoluto. (...) Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento. Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

7 de set de 2012

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.

Reflections of a Skyline


De "Crave".

6 de set de 2012

Às vezes a realidade apenas traz dores desnecessárias, felizes são os que vivem no mundo da lua.

Eu só acolho o seu amor se for em silêncio, meu bem. Eu só sei abrigar suas histórias quando o sol vai embora, quando estamos no escuro sem defesa de nós mesmos, sem gente para atacar, sem mistério maior do que a nossa fraqueza de se entregar. Fala baixinho, amor, que os trapaceiros estão por aí querendo descobrir esse elixir que sai de nossos lábios unidos. Eu preciso ouvir outra vez suas palavras calmas e pausadas sendo sussurradas em meu ouvido sem nenhuma interrupção. Deixa a luz do quarto apagada, entra debaixo dos cobertores, porque a gente se vê melhor de olhos fechados. Fecha as cortinas e vem se isolar da rua comigo. Faz muito tempo que eu só quero existir para você.
É preciso amar as pessoas como se elas fossem sexta-feira.

5 de set de 2012


A esperança! Só a esperança, nada mais. Chega-se um ponto, em que não há mais nada senão ela. É então que descobrimos que ainda temos tudo.

Eu quero mais é ter ver na pista da vida dançando sem parar
Eu quero mais é sumir com as pistas de onde ele foi parar.

3 de set de 2012

Não é sono, não é falta de tempo, não é dor física, muito menos depressão. Só vontade de me desligar do mundo por alguns segundos.
Para algumas pessoas eu não mostro nem metade do que realmente sou. Não por medo, mas por não valer a pena mesmo.
A gente dá muita cabeçada até entender como as coisas funcionam. Tem gente que na primeira já acorda. Alguns, como eu, precisam ter quase um pedaço da cabeça arrancado para começar a ter a exata compreensão das coisas.

1 de set de 2012

Seja bem-vindo Setembro!


Traga flores, novos ventos, novos acontecimentos.
Venha leve como uma pluma e me faça forte pra encarar os percalços que esbarram no meu cotidiano. Sinto cheiro de coisas boas, sinto gosto de esperar, sinto meu coração bater esperança, sinto meus olhos brilhando, sinto o toque do mês da primavera.

31 de ago de 2012

E o que lhes é o mundo ao lado com todas as mudanças de seu tempo e maré?

Desnecessário é sofrer por alguém que você sabia que nunca iria dar certo.
Aquelas que evitam compromissos, são aquelas que sabem do que se trata.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música e quem não acha graça de si mesmo.

30 de ago de 2012

É que eu gosto do riso de tudo. De flores. De gente. De bichos. Dos dias de céu azul lisinho. Das noites carregadas de cachos de estrelas. Da canção que as ondas cantam quando tocam a areia. Às vezes, eu vejo até o riso contido do que não tem coragem de rir.

As relações são muito frágeis. As amizades, mesmo longas e firmes, são muito frágeis. O amor, por mais forte que seja, é muito frágil. Porque todo mundo se magoa, se fere, se atinge. Mesmo sem querer. Mas o que importa é o que a gente faz com isso, como a gente lida com a situação. O que importa é a gente querer fortalecer as coisas. Com clareza, maturidade e entendendo que não existe lado A ou B: todo mundo está do mesmo lado.

28 de ago de 2012

Ilusion


Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.
Setembro estava chegando enfim.

27 de ago de 2012

Ah, meu amor, meu peito ainda bate pela certeza - meio incerta - de que um dia tudo passa.
Liberdade não é ter o tempo livre, mas ter o dia ocupado com aquilo que a gente gosta. 
Eu te esperei a vida inteira, entende? Quando eu te escondo o jogo, quando eu te trato mal… É tudo medo. É tudo medo do amor.

26 de ago de 2012

Ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca.
Há momentos em que tudo o que a gente precisa é dar colo para o próprio coração.

Se a tempestade não passar, dance na chuva.

25 de ago de 2012

You Really Got A Hold On Me

Acorda, toma um café, penteia esse cabelo e saiba que você não precisa de mais ninguém para ser feliz. O mundo é seu.
Afinal, há é que ter paciência, dar tempo ao tempo, já devíamos ter aprendido, e de uma vez para sempre, que o destino tem de fazer muitos rodeios para chegar a qualquer parte.
O relógio bate as horas, diz baixinho: Ele não vem.

24 de ago de 2012

SAY!

Hoje é o dia (para qualquer coisa)

Um céu azul, e as nuvens mostram o caminho infinito de oportunidades que te esperam em um dia maravilhoso como esse. Saiba aproveitar até mesmo o que der errado, porque pense bem, você tem um dia inteiro pela frente para refazer tudo isso. O vento que bate no seu rosto é testemunha dessa estranha liberdade que você tem agora. Corra em direção ao que quer, abrace aos que ama, grite o que sempre quis dizer, faça tudo aquilo que um dia sempre esperou por fazer. Não espere mais. No final pode até não ter o resultado esperado, mas viva. Independente de todas as consequências, não se prenda ao "se". O amanhã que você almeja pode não chegar. Não viva adiando o relógio, tem tantas coisas que te esperam, não chegue atrasada para receber todos esses presentes. O mundo pode sim ser seu, basta querer, é só expandir o seu mundo interior. Tá esperando o quê?

19 de ago de 2012

De vez em quando esqueça tudo sobre sua sanidade, tudo sobre seus regulamentos, disciplina, comportamento controlado, e todos esses absurdos. De vez em quando tire férias, relaxe e enlouqueça.

Por um mundo onde haja mais beijos no pescoço que façam a pele arrepiar inteira.


Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda.

18 de ago de 2012

Tanta coisa nessa vida para se descobrir, tantos perfumes à se decorar, sorrisos para partilhar, abraços apertados e cafunés quentinhos, tardes de domingo para se namorar, tanta beleza para se admirar, tantos sabores para experimentar, pessoas novas para cultivar, laços antigos para cuidar bem. Que apesar de todos os pesares, você não se permita infelicidade diante de todas essas dádivas.

Tão logo essa palavra ”amor” lhe ocorreu, ela a rejeitou.


Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses.
Existe um pássaro que acha que morre todo dia quando o Sol se põe. E na manhã seguinte, ele fica espantado por ainda estar vivo. Então ele canta uma linda canção. Eu canto todas as manhãs desde que conheci você.

16 de ago de 2012

Geralmente carrego livros comigo. Ou escuto música no meio da multidão. Não gosto de aglomerações. Prefiro mundos particulares.

Gosto de coisas antigas,
De coisas toscas,
De poesia,
As vezes acho que sou velho demais, pra mim.

12 de ago de 2012

Amar é… Fechar os olhos no abraço, assim como fechamos os olhos no beijo.
Muito fácil arremessar pedras, expelir veneno pelos lábios. Difícil mesmo, hoje em dia, é olhar no olho, é se colocar no lugar do outro e tentar compreender o que se passa. Difícil mesmo, é ser remédio á quem nos fere. É enxergar além do que as retinas captam no piscar do olho. É fácil julgar o outro, especular, sair batendo as portas, e desmoronando edifícios internos. Difícil mesmo, meu amigo, é entender o que se passa no mais intimo de quem nos cerca, é conseguir ser melodia.

11 de ago de 2012

Se é loucura, então melhor não ter razão.
Mil vezes senti vontade de segurar sua mão e mil vezes fiquei quieta.

Eu queria te dar um amor
Que eu talvez nem tenha pra dar...

18 de jul de 2012

Mas estava com medo, e quando a gente tem medo às vezes é bom quebrar alguns tabus.
O Mundo de Sofia
Feche algumas portas. Não por orgulho ou arrogância, mas porque já não levam a lugar nenhum.