30 de dez de 2011

Happy new year!








Obs.: Antecipando um pouco aqui porque já viajo hoje. Então é isso, feliz ano novo a vocês, todos os meus melhores votos de renovação e realização dos desejos de cada um. 

28 de dez de 2011

Tanto homem por ai querendo uma mulher interessante igual a você, e você ai perdendo tempo atrás desse menino? Acorda amiga, mulher precisa de homem, e homem precisa de mulher. Meninos só precisam de uma mãe e um playstation.
Mas, quanto a mim, tenho a lhes dizer...
Estrelas são os olhos de Deus vigiando para que corra tudo bem.
Para sempre. E, como se sabe, “sempre” não acaba nunca.


















Contarás nos dedos os dias que faltam para que termine o ano.
'Não são muitos', pensarás com alívio.

Pro mar ficar mais lindo, só falta você.


Hoje eu caminhei a praia inteira
Com os pés na areia, coração em alto mar
Lembrar você me faz pensar besteira
Vida é brisa passageira, não deixa passar


(...) Pô, só faltô ele
(Analua)

27 de dez de 2011

Não fique protegendo-se de frustrações só porque seu grande amor da adolescência não deu certo. (…) Não enviuve de si mesmo, ninguém morreu.
Força e fé, repete comigo: dai-me força e dai-me fé, dai-me luz!

Eles se amam, todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossivel. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontram e que nada, nada seja por acaso.

26 de dez de 2011

Outro cheiro

(Quer casar comigo?)
Se olharmos para alguns lugares da nossa jornada com calma, abertura e olhos de escuta, podemos perceber com alguma nitidez que não é raro chamamos de amor um monte de coisas que não são amor. Às vezes agimos como se soubéssemos o que é bom para o outro baseados somente no que sabemos ou intuímos ser bom para nós. Justificamos fazer isso ou aquilo por amor, mas muitos gestos nossos estão a serviço exclusivamente do nosso egoísmo. Da nossa carência. Do nosso medo. Do nosso apego. Dos nossos territórios machucados. Da nossa estreiteza.

Muitas vezes dizemos amar, mas estamos só desrespeitando. Dizemos amar, mas estamos só impondo. Dizemos amar, mas estamos só olhando para nós mesmos. Dizemos amar, mas estamos só fazendo adoecer as belezas disponíveis. Dizemos amar, mas estamos só amarrando sementes e calando primaveras. Dizemos amar, mas estamos só inflando nuvens que escondem cada vez mais o sol. Dizemos amar, mas estamos só dizendo. Amor tem outro cheiro. Outra natureza. Outra frequência. Outro chamado. É para ser luz pra dois, com todas as sombras de cada um.

E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade.

E pra quem chorou ontem, um sorriso hoje é um belo exemplo de ser forte.

Charlie: Eu moro em Londres, uma cidade histórica, linda e vibrante na qual eu amo viver. Você mora em Nova York que é super estimada.
Como o Atlântico é largo demais para atravessar todos os dias a nado, de barco ou avião, vamos decidir na moeda.
Mas se você não quiser aceitar isso, eu deixo Londres com todo o prazer se você estiver me esperando do outro lado.

25 de dez de 2011

A gente fica procurando o amor, esperando ele cair de uma árvore e acertar nossa cabeça.
A gente fica se machucando de propósito, procurando por ele em cada rosto novo, sem saber que ele vai chegar no momento certo, na hora em que tiver que chegar.
Ele vai vir quando você mais precisar, e quando menos esperar.
O amor vai te encontrar, quando você parar de procurar por ele.

Enfim, Natal!

E como tudo o que se tem a desejar em um 25 de dezembro, desejo a vocês um Natal iluminado, cheio de sorrisos, perdão e afeto, que tais luzes estejam repletas de amor. Acrescentando a cura, não só do enfermo, mas da alma, do espírito que habita em cada um!

24 de dez de 2011

Então a felicidade vem...

Feliz daquele que sabe reviver as lembranças sem nenhuma mágoa, feliz daquele que se permite recordar mesmo que a nostalgia se aproxime. Feliz aquele que vive, apesar de todos os empecilhos que insistem em querer-te prender.

- Pois olhe – declarou de repente uma velha fechando o jornal com decisão – Pois olhe, eu só lhe digo uma coisa: Deus sabe o que faz.
Sei que já vi borboletas voarem faltando um pedaço da asa e rosas incríveis desabrocharem num copo com água: e é disso que me nutro pra acreditar que a meteorologia nem sempre está certa e que dias tão cinzentos podem ser prefácios de noites com sol.
E tentar, tentar sempre, para talvez, depois, se dar o direito de desistir, por ter tentado.

16 de dez de 2011


Peter Pan: Ódio é uma palavra forte, não acha?
Wendy: Amor também é. E as pessoas falam como se não significasse nada.

Um sorriso é a melhor maquiagem que uma garota pode usar.

15 de dez de 2011


Às vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama, mas isso não quer dizer que você os ama menos. Às vezes você os ama ainda mais...

11 de dez de 2011

Live!

Reflita

- Pegue esse copo.
- Peguei.
- Agora solte ele no chão. O que houve com o copo?
- Ele se quebrou. Por que?
- Agora pede desculpas e vê se ele fica inteiro novamente.

ENTREGA

Despir uma peça e outra da ansiedade, deixar o tempo das coisas fluir em paz, afrouxar a ideia fixa um pouquinho, diminuir o volume da barulheira mental, mudar o destino do foco só pra variar, mesmo que nem dure muito, costuma criar um lugar de descanso aprazível e reparador na vida da gente.

Quando não há mais nada que possamos fazer para tentar modificar algumas circunstâncias, o que existe de mais confortável no mundo é a liberdade da entrega e a coragem da aceitação de que as coisas possam ser simplesmente como são.

1 de dez de 2011

Quero Deus brincando na minha corrente sanguínea da mesma forma que a luz se diverte sobre a água.

"Conquiste sem temer."


Chega um dia que a gente simplesmente muda. 

Os sentimentos acabam e o coração faz novas escolhas.
À propósito, te agradeço. Não por ter me magoado e ido embora como se nada tivesse acontecido, mas por ter me ensinado a ser mais forte. E menos tola.

BEM-VINDO DEZEMBRO!


Que traga bons ventos, que germine, que floresça!
Vamos deixar nascer...